Lojas foram fechadas por força maior e muitos tentaram o delivery ou levar o cliente para a loja virtual, mas perceberam que não tinham uma lista, uma planilha sequer, pois nunca fizeram um esforço para identificar o shopper.

Com a reabertura iminente em muitos Estados, é preciso desenvolver um bom programa de identificação, captação de dados e contato, pois são os clientes satisfeitos que ajudam a divulgar o seu estabelecimento no seu meio social.

O link abaixo, comenta um pouco mais sobre a reabertura das lojas, shoppings e restaurantes após o coronavírus.
https://6minutos.com.br/negocios/nada-sera-como-antes-como-sera-a-reabertura-das-lojas-shoppings-e-estabelecimentos-apos-o-coronavirus/?amp

Faz sentido: Você não precisa gastar tempo e recursos investindo em um novo cliente – basta manter o que está feliz e entender os que não estão satisfeitos.

A pesquisa abaixo no link, demonstra que o aumento das taxas de retenção de clientes em 5%, pode aumentar os lucros em 25% a 95%.
http://www2.bain.com/Images/BB_Prescription_cutting_costs.pdf

E como iniciar?

Com um simples projeto de Wi-Fi Marketing.

A jornada do seu visitante se dá dessa maneira:

  • O cliente entra na loja com o Wi-Fi habilitado no celular;
  • Identifica que o estabelecimento oferece wi-fi grátis;
  • Acessa o Wi-Fi fornecendo o seu e-mail ou conta do Facebook;
  • Começa então a construção de sua base de informações (CRM) contendo nome, dados demográficos e muito mais;
  • À partir dessas informações é possível ativar campanhas utilizando os dados demográficos, mídia social, e-mail, anúncios na tela do celular e pesquisas;
  • E até mesmo uma mensagem ou e-mail depois que os clientes saírem do seu estabelecimento solicitando que eles compartilhem suas experiências;
  • Cupons podem ser enviados por SMS ao visitante que acaba de retornar a sua loja;
  • No mês de aniversário de um cliente cadastrado vouchers promocionais podem ser enviados pelas redes sociais com a possibilidade ainda desse cliente convidar um outro cliente numa espécie de “promoção em dobro” e assim trazer mais um contato para o seu novo “CRM”.

Incentivar que seus os clientes se cadastraram na rede Wi-Fi e retornem por meio de campanhas em redes sociais, e-mail ou SMS colocarão a sua marca na memória e na lista de escolhas da próxima compra.

Além disso, a ferramenta lhe permitirá conhecer os clientes detratores, os pontos francos do seu estabelecimento para traçar uma nova estratégia de relacionamento e correções operacionais ou até mesmo de atendimento.

Qual o custo de um cliente insatisfeito?

Um cliente insatisfeito custa o equivalente ao lucro dado por cinco clientes satisfeitos.

Precisamos nos preocupar não somente na captação dos clientes, mas também como mantê-los nesta base.  O custo de um cliente insatisfeito pode causar danos enormes para o seu estabelecimento. É preciso estruturar bem a dinâmica de um atendimento ao cliente para que os resultados sejam positivos.

É importante focar no atendimento e não apenas nos números. É fato que reclamações sempre irão existir, mas saber como resolve-las e conhecer este consumidor é o melhor caminho.
Fonte: https://institutodenizetarabaika.com.br/custo-de-um-cliente-insatisfeito/

Quer saber mais sobre como BeCloud pode ajudar sua loja ?
Preencha o formulário e entraremos em contato.