A preocupação quanto ao volume de pessoas dentro de uma loja ou shopping center sempre foi uma constante no varejo
Mas agora traz um viés de saúde e percepção de cuidado do cliente pela marca.

O que não mudou é a necessidade de melhorar e permanecer competitivo.
Quatro pontos quanto ao uso de tecnologia de contagem de pessoas devem ser ponderados.

São quatro benefícios:

O controle e monitoramento da ocupação em tempo real para promover o distanciamento social como medidas básicas para combater a propagação do COVID-19. Hoje, é o primeiro deles.

O segundo é um índice conhecido dos lojistas,  a taxa de conversão de vendas. Métrica valiosa para avaliar o desempenho de cada loja ou grupos de lojas.

Como terceiro ponto temos as análises de visitação onde dados confiáveis ​​de presença podem fornecer informações sobre o fluxo, números e horários em que as pessoas entram na loja dando condição a um planejamento e agendamento de atividades e funcionários de acordo com o tráfego previsto. Facilitando a identificação dos horários de pico e fora de pico, o que também ajuda a minimizar as interrupções na loja. E os dados obtidos a partir da base combinada com os dados da finalização da compra informam a diferença entre os clientes recebidos e quantos compraram. À partir dessa informação pode-se exercitar motivos por que alguns clientes saíram sem comprar.

Como quarto e último ponto é primordial melhorar a experiência do cliente. Melhor agendamento, menos interrupções, toque pessoal e qualidade das interações são pontos da jornada que destacam sua loja possibilitando que o cliente compre mais e até volte para novas compras.

A contagem de pessoas é essencial para que sua loja tenha indicadores precisos e planeje com exatidão.

Preencha o formulário e entraremos em contato.

#retailtech #instoremapping #wifimarketing #shopperexperience #datadrivenmarketing #becloud #fluxoemlojas #taxadeconversaoalta #heatmap #deteccacofacial #conheceseucliente #varejointeligente