O Wi-Fi é uma das principais prioridades para estádios, shoppings e qualquer outro local em que existe uma aglomeração muito grande de pessoas. Quem diz isso, são alguns dos maiores especialistas em shopping centers do Reino Unido. Em uma entrevista feita pela Retail Week, 88% deles dizem que esta tecnologia é a maior prioridade para atender os visitantes.

Mas, por que existe uma preocupação tão grande com o Wi-Fi em estádios e shoppings?

A resposta para isso é bem simples: informação. O sinal da rede, combinado com outras tecnologias como os mapas térmicos e análises de fluxo, trazem as principais tendências de movimentação no shopping. Na verdade, o usuário nem precisa entrar na rede para que sejam coletadas estas informações mais básicas. Se o Wi-Fi já aparece na lista de redes disponíveis, isso já é o suficiente.

Mas, é claro, que se o usuário entrar na rede é melhor ainda. Com apenas 30 minutos de navegação grátis, já é possível coletar diversas informações importantes sobre o usuário, como e-mail, telefone, idade, sexo e os principais interesses. Para um local que agrega um número muito grande e diverso de pessoas, ter estas informações é vital.

A riqueza é tudo que pode ser feito com estas informações. É possível ter um sistema de controle e engajamento com os serviços de Wi-Fi, é claro, mas as vantagens extrapolam este serviço. É possível criar aplicativos de fidelidade, e o mais importante, campanhas de publicidade que sejam totalmente contextualizadas.

E é claro que os celulares já fazem parte de ambas estas experiências. No shopping, o usuário está sempre procurando informações para contextualizar sua visita, já no estádio, segundo pesquisa da TIM, 73% dos usuários usa o celular durante a partida, para compartilhar algum momento do jogo.

Então, o hábito de usar o celular nos estádios e shoppings abre a porta para algumas possibilidades bem interessantes.

O Wi-Fi como porta de entrada para o seu aplicativo

Após os 30 minutos iniciais de navegação, o usuário pode ser incentivado a migrar para um app de fidelidade do shopping, ou para uma campanha para sócios torcedores presentes em um estádio. Enfim, as formas como o Wi-Fi pode ser usado para impulsionar os downloads são praticamente infinitas.

Por exemplo, é possível usar o SMS, o e-mail, banners na tela de login, notificações push e outras formas de impactar o usuário, que garantem que não é preciso nem mesmo que ele use o app.

Mas, é preciso usar bem esta ferramenta poderosa. Ter o app baixado é vital para muitos estabelecimentos. Afinal, toda vez que o usuário pegar o celular, irá se deparar com a marca do shopping. Porém, é preciso trazer um motivo real pelo qual o usuário irá baixar o app.

Esta pode trazer uma experiência omnichannel de visita ao shopping, combinado o real com o digital, além de oferecer promoções, cupons, um programa de fidelidade e outras vantagens. O aplicativo pode ser uma forma de comunicação essencial com o cliente.

Existem poucos segmentos de negócios que podem se beneficiar e aumentar suas taxas de download de apps mais do que shoppings e estádios de futebol, por conta do número de visitantes que recebem.

Quer conhecer mais sobre como o Wi-Fi pode impulsionar os downloads do seu app?

Preencha o formulário e entraremos em contato.